terça-feira - 06 / 01 / 2009

Editando suas músicas com o Audacity

Enfim, o primeiro post de 2009!

Antes de mais nada, quero pedir desculpas pelo tempo sem postar. O caso é que estou com problemas em minha conexão e até conseguir resolver tudo corretamente, vou ter que me arrastar. Mas… Vamos lá!

Para quem não sabe, o Audacity é um programa completo (ou quase) para edição de músicas, disponível para Linux, Windows e Mac OS X. Nele, podemos "visualizar" o arquivo de música e, dentre outras coisas, recortar trechos da mesma para salvar em outro arquivo, ideal para quem gosta de usar toques .mp3 personalizados no celular ou "colar" partes de várias músicas em um mesmo arquivo.

Esses são apenas alguns exemplos, pois as funções do Audacity vão bem além. Dentre suas opções mais avançadas, o programa nos permite adicionar vários efeitos às músicas, como o fade in e fade out, eco, alterar a velocidade da música, tocar de trás para frente, etc.

Não citarei aqui todas as opções do programas, pois são muitas e algumas delas desconheço ou simplesmente não faço muito uso, assim, vou falar apenas de alguns que utilizo. ok?

Uma das opções que mais utilizo é a "Amplificar", que permite aumentar o volume das músicas. Ideal para melhorar um pouco aquelas mp3 baixadas da internet que parecem tocar mais baixo que as demais. Para se utilizar essa opção, basta acessar o menu Efeitos > Amplificar, indicando quantos dB's (decibéis) deverão ser adicionados à música. Apenas tenha cuidado para não exagerar, ou a música pode acabar ficando distorcida.

Audacity

Aqui uma mp3 antes de se utilizar o efeito "Amplificar".

Audacity

E o resultado!
Depois de tudo pronto, basta clicar
em arquivo > exportar e salvar como .mp3.
Outro bem interessante é o "Nivelador", que como nome sugere, permite nivelar as suas músicas em um mesmo volume.

Outros efeitos como Fade in e Fade out são ideais para aquelas músicas (ou trechos) que começam ou terminam "do nada". O fade in adiciona um efeito de volume aumentando, enquanto o Fade out faz o contrário, ou seja, cria o efeito de volume diminuindo, ideal para usar no fim das músicas (com certeza você já ouviu uma música com esse efeito).

Como disse anteriormente, falar de todas as opções do Audacity seria algo bem trabalhoso, mesmo porque não conheço todas. Além disso, utilizar o programa é bem facil (e divertido, acredite), podemos clicar as suas opções, alterar as músicas e, se algo sair errado, basta pressionar o botão "voltar" para desfazer (ou ctrl + Z). Dessa forma, podemos ir tentanto até achar o resultado mais satisfatório (ou engraçado).

O Audacity permite ainda remover facilmente ruídos das músicas, aplicar equalização e normallização

Instalação:

Quem utiliza o Ubuntu, Debian ou distro baseada nos mesmos, pode instalar via apt-get, utilizando o comando $ sudo apt-get install audacity ou através do synaptic, procurando por "audacity".

Pacotes para outras distros, como Fedora, Gentoo e Suse, além do source, podem ser encontrados no link:

http://audacity.sourceforge.net/download/beta_linux

Para instalar a partir do source, basta baixar o pacote nesse link, descompactar, acessar a pasta e utilizar os comandos:

./configure
make
make install (como root)

Dependências:

libmad
libsndfile
libvorbis

Referência
http://audacity.sourceforge.net/

16 Comments to “Editando suas músicas com o Audacity”

  1. arlindofc disse:

    digão meu amigo o seu blogue é exelente, parabens, gostaria que você desse uma dica para onde vai alguns progamas instalado via apt-get ou synaptic. seu blogue tem um link no meu que é: http://afdconceicao.blogspot.com/.
    valeu camarada

  2. Anonymous disse:

    então me ajuda a configurar o modem adsl(velox) no Kurumin7 e instalar progamas na mão sem usar estes 2 trem que o rapaz falou

  3. Danielle Aran disse:

    Nossa! O programa é poderoso mesmo e eu nem sabia.
    Ótima dica!

  4. Diggão disse:

    Olá Arlindo!

    Obrigado pela visita.

    Em relação à sua dúvida: os arquivos baixados via apt-get e/ou synaptic ficam na pasta chamada /var/cache/apt/archives/ ainda no formato .deb.

    Na instalação, eles são descompactados e o conteúdo é copiado arquivo por arquivo para o local correto (cada qual para uma pasta diferente).

    Uma dica legal para saber onde estão os arquivos de cada pacote é abrir o Synaptic, procurar o arquivo instalado (usando a busca), clicar com o botão direito do mouse sobre o mesmo e selecionar a opção "arquivos instalados" ou itens instalados, não lembro ao certo a opção, mas é algo do tipo. Enfim, selecionando essa opção, pode-se ver todos os arquivos do pacote e os locais onde eles são instalados.

    Sr. Anônimo

    Em relação à instalação do modem no Kurumin 7, recomendo que procure ajuda no Fórum do mesmo, o pessoal lá é bem solicito e certamente irá ajudar. Além disso, faz um bom tempo que não utilizo o Kurumin e nunca configurei esse modem no mesmo.

    Sobre a instalação dos programas, se as dependências estiverem em ordem, normalmente utiliza-se a velha trinca de comandos no terminal: ./configure, make e make install (esse último como root).

    Danielle

    Obrigado pela visita e pelo comentário. O programa é realmente bem completo e poderoso, acho ele essencial para quem curte música no computador.

  5. arlindofc disse:

    obrigado Digão, instalei um jogo de corrida no meu biglinux4 chamado: torcs dou o comando e ele não inicia, pode me ajudar. valeu

  6. diggao disse:

    Olá Arlindo! Bem vindo mais uma vez!

    Coincidentemente instalei esse jogo esses dias e pretendo escrever um artigo sobre o mesmo. Certamente farei isso no fim de semana.

    Enfim. Aparece alguma mensagem de erro ou o jogo simplesmente não abre?

    Tente executar no terminal para ver as mensagens que aparecem. O comando, pelo menos no meu Ubuntu, é $ torcs-bin.

    Normalmente quando um programa falha em sua execução, tentar abrir no terminal pode ajudar a identificar o erro.

    Vi no seu blog que curte xadrez, esse é um jogo que sempre tive vontade de aprender!

  7. diggao disse:

    Opa! Só uma correção!

    No post anterior falei que o comando para rodar o jogo era $ torcs-bin, mas o correto é apenas $ torcs. Acabei me confundindo com o que aparece escrito na barra de título quando se abre o jogo em janela.

    Desculpem

  8. arlindofc disse:

    dsisti do Torcs, não funcionava nem no terminal, instalei também o Dreanchess, ele aparecia e não funcionava, mas achei o eboard(xadrez) ele é exelente é vira o ziza, eu que jogo em torneios proficionalmente, não consegui vencer ele ainda, é mole. Vc pode recomendar para seus amigos blogueiros.

  9. Diggão disse:

    Olá Arlindo

    É uma pena que o Torcs não tenha funcionado. Às vezes também fico frustrado com programas e/ou jogos que não funcionam depois de instalados.

    Já experimentou o Vdrift? É outro jogo de corrida que parece interessante, ainda não o testei, mas o visual pelo menos agradou bastante.

    Obrigado pela dica do jogo de Xadrez, vou instalar pra testar e quem sabe aprender a jogar.

    Agradeceria se tivesse um guia, tutorial ou manual com as regras básicas que possa indicar.

    Até mais

  10. Alexandre disse:

    Com o audacity, os arquivos ficam .aud e nao consigo transformar em mp3. Como fazer isso????

  11. Diggão disse:

    Oi Alexandre! Bem vindo

    Você deve estar clicando em "salvar projeto", se estiver fazendo isso, será salvo em .aud.

    Para salvar em .mp3, vá até o menu arquivo e escolha a opção "Exportar…", dessa forma, poderá escolher o formato .mp3

  12. Anonymous disse:

    Estou novamente com o problema de nao conseguir gravar, tenho Vista!!

  13. Diggão disse:

    Não sei como é o comportamento desse programa no Vista, nunca o utilizei no mesmo. Ainda assim, imagino que não seja muito diferente do XP.

    Quando diz "gravar" está querendo dizer salvar um arquivo em um determinado formato ou gravar o som de um microfone ou da placa de som?

    Se for apenas para salvar, o procedimento é o mesmo descrito acima.

    Se for para gravar da placa de som, entretanto, não lembro como seria o procedimento, mas posso ver e informar depois.

    Tem uma dica em http://www.guiadohardware.net/dicas/gravando-sons-stream-usando-audacity.html mas é para Linux.

  14. Patrícia disse:

    Obrigada este tutorial me ajudou muito!

  15. marciel disse:

    o meu programa não tem a opção de arquivo como eu faço para salva minhas musicas ?

Deixe um comentário

Campos marcados com * são obrigatórios Você pode usar essas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Spam Protection by WP-SpamFree

Translate