quinta-feira - 29 / 01 / 2009

Brincando e criando com o Gimp

Quem já conhece, sabe que o Gimp é uma poderosa e completa ferramenta para edição/criação de imagens. Com ele, podemos executar desde tarefas simples, como recortar um pedaço de uma imagem, até tarefas bem mais complexas, como restaurar uma fotografia.

Eu costumo usar o programa para criar os papéis-de-parede (Wallpapers) que posto aqui no blog. Considero isso não um trabalho, mas sim uma diversão, pois dentre outras coisas, adoro saber como serão as combinações de determinadas ferramentas ou efeitos. Talvez por isso mesmo esse seja um dos primeiros programas que procuro quando instalo uma nova distro.

Pensando nisso, hoje resolvi mostrar aqui, passo-a-passo, como fiz para criar um desses papéis-de-parede. Pode parecer difícil no início, mas verão que são passos bem simples. Usei apenas efeitos básicos, que podem ser encontrados em diversos sites sobre o Gimp. Ao final do post indicarei os que mais visito. Por enquanto, vamos em frente. Sinta-se à vontade para alterar qualquer valor ou padrão que eu indicar aqui, e acredite, as menores alterações podem criar efeitos realmente surpreendentes e bonitos de se ver.

Para quem não sabe, o programa enconta-se disponível para Linux, Windows e Mac OS X, o que significa que qualquer um pode fazer no Gimp o que vou demonstrar aqui. Qualquer um mesmo…

Partindo do presuposto de que quem está lendo esse post já tem o Gimp instalado, vamos ao que interessa:

Estou usando aqui a versão 2.6.1 do Gimp, instalado no Ubuntu Linux 8.10, mas o mesmo pode ser feito em outros sistemas operacionais.

Vamos recriar, ou melhor, criar aqui, um wallpaper parecido com esse abaixo, que tal?

Mão à obra…

- Em primeiro lugar, vamos definir o tamanho da imagem. Para isso, vá até a janela principal do Gimp e clique em:

Arquivo > Nova…

Na janela aberta, note que existe um item chamado "modelo" que nada mais é do que uma lista com tamanhos pré-determinados para você escolher. Selecione o tamanho desejado ou indique o tamanho da imagem e clique em ok. Para esse trabalho, vou usar o tamanho 1280 x 960.

De volta á janela principal, teremos uma imagem em branco (poderíamos ter escolhido transparente no passo anterior),

Verifique também se a janela de camadas está disponível, caso não esteja, pressione Ctrl + L para que fique disponível.

Vamos ao segundo passo:

- Vamos agora, criar o efeito metálico presente no wallpaper acima. Para isso, usaremos a ferramenta Mistura e os efeitos ruído e desfocar:

Na janela principal, clique no menu Camada > Nova Camada…, ou use Ctrl + Shift +N (acostume-se com isso, vamos usar bastante).

Na lista de camadas (Ctrl + L, lembra?) renomeie essa camada para: Metal (ou outro nome que preferir).

Selecione na janela de ferramentas do Gimp a opção mistura (ou tecle L). Vá até a opção degradê e selecione "Brushed Aluminium".

Não será necessário alterar as demais opções.

Vá até a janela principal e crie um degradê de cima para baixo, basta clicar com o mouse na parte superior da imagem e arrastar até embaixo, soltando em seguida.

O resultado será parecido com isso:


Usaremos agora o filtro Ruído RGB, para isso, ainda na janela principal (janela de edição), clique no menu:

Filtros > Ruído > Ruído RGB

Na janela que se abrir, altere os valores para 0,35 e clique em ok. Se quiser alterar os valores para ver o que acontece, fique à vontade. Seja criativo.


Use agora o efeito borrão de movimento: vá até o menu:

Filtros > Desfocar > Borrão de Movimento

Altere os valores para 120 em comprimento e 45 em ângulo, ou use os valores que preferir. Em todo caso, depois que aplicar, o resultado será parecido com esse (ou não ;-)

Obs.: Pode ser que as bordas fiquem com um aspecto estranho (meio borrado), se isso acontecer, vá até o menu camada e selecione a opção "redimencionar camada", aumente o tamanho da camada (uns 75 pixels por exemplo) para que as bordas defeituosas sejam projetadas para fora da área de edição. Em seguida, ainda no menu "camada", clique em "camada para o tamanho da imagem".

- Recortando o metal:

Para recortar a imagem da mesma forma como se é visto no wallpaper lá em cima, usei a ferramenta vetores (tecla B). Essa é uma ferramenta muito versátil, que permite criar linhas retas ou curvas, usá-las para seleção, preencher com a ferramenta do lápis ou pincel, etc.

No nosso caso, usaremos a ferramenta de vetores para criar linhas retas, de forma a desenhar o contorno a ser recortado da camada Metal. Para isso, basta selecionar a ferramenta (tecla B) e clicar sobre a camada para ir adicionando os pontos. Note que cada ponto pode ser movido livremente, ou seja, depois de adicionar um ponto, se ele não estiver no local correto, basta arrastá-lo para onde quiser.

Para começar, adicione alguns pontos, de forma a envolver toda a parte a ser recortada, para facilitar o trabalho, adicione algumas guias. Para adicioná-las, basta clicar sobre as réguas na lateral esquerda e/ou no topo da aŕea de edição e arrastar para cima da imagem que está editando. Procure posicionar conforme a imagem abaixo, ou da forma que achar melhor, mais uma vez, seja criativo.


Agora, basta clicar sobre as interseções das guias para adicionar os pontos, para fechar, adicione os pontos "por fora" da área de edição mesmo. Veja:

Antes de recortar a camada, vamos duplicá-la, pois precisaremos de duas metades. Para duplicar a camada, selecione-a na janela de camadas (Ctrl + L) e em seguida, clique com o botão direito sobre a cama e selecione "duplicar camada". Alternativamente, podemos fazer o mesmo na fanela principal (mostrada acima), indo no menu: Camadas > Duplicar camada. Para não se confundir, remova, por enquanto, a visibilidade da cópia da camada Metal clicando sobre o ícone do "olho" na janela de camadas.

Feito isso, vamos continuar…

Selecione a camada Metal. Clique no menu Camada > Transparência > Adicionar canal alfa (isso adiciona a transparência)

Em seguida, vá até o menu Janelas > Diálogos de encaixe > Vetores, para abrir a caixa ferramenta dos vetores.

Na janela de veotres, clique em vetor para a seleção

Note que agora o tracejado feito anteriormente foi alterado e a área que os pontos do vetor cobriam foi selecionada. Basta agora "cortar" a área selecionada, para isso, use as teclas Ctrl +X. Aqui, se quiser, pode remover as guias (basta puxá-las para fora da área de edição).

Em seguida, selecione a outra camada na janela de camadas (a cópia da camada Metal que fizemos, lembra?) e devolva a visibilidade (clique no ícone do olho de novo).

Vá até o menu Seleção > Inverter

Note agora que a metade de cima da camada foi selecionada (o tracejado mudou de local), tecle novamente Ctrl + X, para recortar. Como resultado, teremos duas metades, cada qual em uma camada diferente, mas que se encaixam perfeitamente. Mude os nomes das camadas para metal_superior e metal_inferior

Vamos agora afastá-las um pouco uma da outra.

Para isso, clique na ferramenta de seleção ou tecle "M"

Na janela de camadas, selecione a camada com a metade de baixo por exemplo e, em seguida, na janela principal, clique sobre a imagem, arraste-a para baixo, ou dê um simples clique e use as setas do teclado para movê-la para baixo (bem mais preciso). Faça o mesmo com a metade de cima (mevendo para cima, é claro). O resultado deve ser parecido com isso:

Mas ainda está meio sem graça, não é? Pois bem, vamos dar uma idéia de profundidade à isso.

- Adicionando efeitos:

Selecione na janela de camadas uma das metades. Usarei a de cima como exemplo.

Clique agora no menu Camada > Transparência > Alfa para seleção

Veja que a parte superior foi selecionada. Agora vamos aumentar a seleção:

Clique no menu Seleção > Aumentar

Na janela que se abrir, adicione uns 15 pixels e clique em ok.

Adicione uma nova camada transparente (Ctrl + Shift + N). E na caixa de ferramentas, selecione a ferramenta de Mistura (ou tecla L)

Nas opções de mistura (na caixa de ferramentas) selecione em "Degradê" a opção frente para o fundo. E nas opções de cores use preto e branco mesmo.

Faça um degradê do preto para o branco e de cima para baixo, deverá ficar mais ou memos assim (não remova a seleção ainda):

Renomeie essa camada para degradê_superior e mova-a para baixo (seta para baixo na janela de camadas) da camada metal_superior, ficará assim:

Bem melhor não é? Mas podemos melhorar mais um pouco: Com a seleção ainda ativa, crie uma nova camada e preencha e seleção com preto usando a ferramenta de preenchimento , ou tecle Shift + B.

Remova a seleção (Ctrl + Shift + A)

Clique em Filtros > Desfocar > Desfocagem Gaussiana

Na janela que se abrir, adicione um valor alto (50 está bom) e clique em ok

Depois de aplicar a desfocagem, renomeie a camada para sombra_superior e, na janela de camadas, mova-a para baixo da camada degradê_superior. Veja o resultado agora:

Repita o mesmo procedimento para a parte inferior. A única coisa que muda é o degradê, que na parte de baixo, será invertido, ou seja, do branco para o preto.

Se depois de adicionar a sombra, achar que ainda está pequena, basta movê-la um pouco para cima/baixo usando a ferramenta de seleção (tecla M) como fizemos com as metades de metal.

Adicionando o fundo

Estamos quase no final, vamos agora adicionar o fundo ladrilhado que aparece no wallpaper mostrado no início do post, nessa parte usaremos muito o menu filtros, siga os passos abaixo para que tudo saia corretamente.

Adicione mais uma camada (Ctrl + Shift + N) e, em seguida, renomeie essa camada para "fundo".

Selecione essa camada e vá até o menu Filtros > Renderizar > Nuvens > Plasma

Na janela que se abrir, escolha um valor qualquer para a semente e clique em ok. Será criada uma imagem multicolorida. Mas ainda não é isso que queremos.

Com a camada "fundo" selecionada, vá até o menu Cores > Desaturar, a imagem agora ficará em tons de cinza.

Agora, vá ao menu Filtros > Desfocar > Pixelizar, na caixa que se abrir, escolha um valor alto (60 ou 70) e clique em aplicar.

Sua imagem ficará quadriculada, mas ainda sem o aspecto de relevo.

Após isso, volte ao menu Filtros > Desfocar > Desfocagem Gaussiana, escolha o valor "10" e mande aplicar.

Para criar o efeito do relevo, vá até o menu Filtros > Mapear > Mapa de relevo e, na janela que se abrir, use os seguintes valores:

Tipo de mapa: Linear
Azimute: 150
Elevação: 9
Profundidade: 45

Marque também a caixa "compensar escurecimento" e clique em ok. Sua imagem ficará assim:

Para suavizar um pouco, vá ao menu Filtros > Desfocar > Desfocagem Gaussiana e altere o valor para 2 ou 3 e clique em "ok" para aplicar.

Ficou bom, mas precisa de um pouco de cor, não é?

Para dar uma corzinha, vamos até o menu Cores > Colorizar, será aberta uma janela como essa:


Basta agora brincar um pouco com os controles até conseguir uma cor que lhe agrade, a combinação acima deixará azul.

Assim que escolher a cor, clique em ok para aplicar. Vá até a janela de camadas e passe a camada "fundo" que acabou de ser criada para baixo das demais.

Agora teremos a seguinte imagem:

No wallpaper do exemplo lá em cima, usei o logo do Ubuntu, para nosso wallpaper aqui, usarei o do Kubuntu. Para isso, usarei uma imagem no formato .png com fundo transparente. Achei essa imagem na internet, mas não perguntem onde, pois não lembro. Em todo caso, se quiserem usar a mesma, segue abaixo:

Para adicionar a imagem no nosso wallpaper, basta clicar no menu Arquivo, selecionar a opção "abrir como camada" e na janela que se abrir, escolher a imagem.

Ficará mais ou menos assim:

Para finalizar, basta adicionar no topo (se quiser) com uma fonte bem legal a nome Kubuntu. Para isso, basta usar a ferramenta de texto (tecla T), clicar e digitar.

Usando as dicas que mostrei até aqui, podemos facilmente aplicar efeitos no texto, como sombras, degradês, etc. Veja o resultado final:

Clique na imagem para ampliar

Bom, está feito…

Aprendi muitas das dicas que apresentei aqui em sites diversos sobre o Gimp. Dos sites em português, os dois melhores que conheço são:

www.ogimp.com.br
www.gimp.com.br

A dica da textura de metal em particular, aprendi nesse link.

Um dos aspecto mais legais de criar seus próprios papéis de parede no Gimp, é a possibilidade de misturar os mais variados efeitos. Garanto que, mesmo seguindo o passo-a-passo, do início ao fim (apesar dos conselhos para tentar algo diferente), o seu resultado foi em algum ponto diferente do meu.

Esse do meu ponto de vista é um dos aspectos mais divertidos no trabalho com esse programa. Qualquer alteração em uma de suas ferramentas pode gerar os resultados mais surpreendentes, acredite. Por isso mesmo, perco grande parte do meu tempo testando as mais diferentes combinações, sempre em busca de um resultado melhor (ou menos feio…) que o anterior. Aqui cabe um conselho, não se limite a apenas imitar os outros, descubra e crie por si mesmo.

Outro conselho que posso dar sobre o uso de Gimp é justamente "brincar" com ele, isso mesmo, brinque com as ferramentas e opções do Gimp, divirta-se aplicando os efeitos mais variados. Logo você verá que saberá exatamente o que a ferramenta X ou o efeito Y fazem. Foi dessa forma que aprendi como muitas das ferramentas desse programa incrível funcionam (e ainda faltam muitas…).

Portanto, mãos à obra e boa diversão. ;-)

6 Comments to “Brincando e criando com o Gimp”

  1. arlindofc disse:

    sempre usei o photoshop cs e 7 e esta fificil usar o gimp, minhas duvidas são
    1-recortar a imagem, nos outros progamas é tudo simples
    2-colocar uma imagem dentro da outra e diminuir ou almentar para encaixar a imagem

  2. Diggão disse:

    Olá Arlindo!

    Recortar no Gimp é tão simples como nos outros programas, basta selecionar a parte que deseja cortar (tecla R para seleção retangular e tecla E para seleção circular)um Ctrl + X, recorta a parte selecionada. Se tiver mais de uma camada, basta selecionar a camada que deseja cortar.

    Para inserir uma imagem externa, basta copiar a imagem e colar (ctrl + V) ou ainda, no menu, arquivo, na opção "abrir como camada", selecionar a imagem para adicionar ao gimp.

    Para redimencionar, basta selecionar a camada na qual a imagem está (ctrl + L) e usar a ferramenta de redimensionar (shift + T), clicar sobre a imagem e mudar os valores ou simplesmente arrastar com o mouse.

    Qualquer ouitra dúvida, basta perguntar.

  3. Elenara disse:

    OI! gostaria que alguem me explicasse como faço pra fazer uma montagem em que a imagem de uma pessoa fica sobre posta em outra imagem de outra pessoa??? no gimp

  4. Eduardo disse:

    é mais facil exportar a imagem, fazer uma copiar, e recortar com o picture manager do office e importar denovo do que simplesmente tentar recortar uma camada, se tentar recortar a parte de somente 1 camada o gimp faz todas as outras camadas desaparecerem junto…

    • diggao disse:

      Mais fácil?

      Exportar (e depois importar de novo) uma figura apenas para cortá-la é bem mais trabalhoso. Esse o processo pode ser feito no próprio Gimp.

      Além disso, o que você está diz não procede. Se selecionar uma camada para ser cortada, apenas os elementos daquela camada serão cortados. As demais permanecerão inalteradas.

      Acredito que você esteja fazendo o processo de forma errada.

Deixe um comentário

Campos marcados com * são obrigatórios Você pode usar essas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Spam Protection by WP-SpamFree

Translate